A cervicalgia é uma síndrome caracterizada por dor e rigidez transitória do pescoço, acometendo 30% dos homens e 43% das mulheres em alguma fase da vida.

A cervicalgia é uma síndrome caracterizada por dor e rigidez transitória do pescoço, acometendo 30% dos homens e 43% das mulheres em alguma fase da vida.

As causas mais comuns de dor cervical são decorrentes de desordens mecânicas, que envolvem alterações posturais e fatores ergonômicos, que geram alterações e compensações musculares resultando em dor e rigidez no pescoço.

De forma geral, pacientes que trabalham com funções associadas a posturas fixas coma cabeça e pescoço.

As dores cervicais também podem ser causadas por muitas patologias especificas como tumores , infecções, doenças inflamatórias ou reumatológicas, sequelas de traumas e até doenças congênitas.

Dor no pescoço que pode irradia até o ombro; espasmo muscular; travamento agudo cervical (“torcicolo”).

História clínica e exame ortopédico detalhado; exames de imagens conforme necessário: Rx e Ressonância Magnética e alguns casos Tomografia computadorizada.

Em geral o tratamento é conservador (Aines , analgésicos, miorrelaxantes, outros) ou Cirúrgico (dependendo da causa e sintomas).

Lembre-se, se você tiver alguma dúvida, ou está com algum problema ortopédico, sinta-se a vontade para entrar em contato, o Dr. Romário terá prazer em esclarecê-la.

AGENDE SUA CONSULTA